Artoplastia do Quadril

Procedimento que visa substituição da articulação do coxo femoral (Quadril). Procedimento cada vez mais difundido e utilizado para melhora do quadro de dor e limitações funcionais dos pacientes. Graças a evolução das técnicas cirúrgicas como da metalurgia industrial, cada vez mais temos segurança nas indicações e melhora da qualidade de vida dos pacientes
Tal procedimento é utilizado em situações, que paciente apresente dor e incapacidade funcional secundaria a degeneração articular (Osteoartrose), independente do estagio radiográfico em que se encontre ou nos casos das fraturas de colo do fêmur em pacientes idosos.
Nos casos das fraturas do colo, onde necessitamos de reconstrução articular, por causa da gravidade do acometimento da fratura, que compromete a vascularização da cabeça do fêmur, levando a necrose da mesma.
Tipos de Proteses do quadril
Próteses Parciais de quadril: Hoje menos utilizada que antigamente, essa técnica, utilizamos de um componente femoral que pode ser cimentado ou não, com uma cabeça que se articular com um componente acetabular móvel (próteses bipolares)
Prótese total de quadril : Dividimos em 5 tipos, sendo elas Total cimentada, Total não cimentada, Total Híbrida, Total Dupla mobilidade e Recapeamento
1- Prótese total de quadril cimentada: Haste femoral e Liner de polietileno associados ao Polimetilmetacrilato – Cimento ortopédico, que se interdita nas trabéculas ósseas ajudando na fixação dos implantes.
2-Prótese total de quadril não cimentada: Haste femoral e componente acetabular são implantados sobre pressão (PRESS-FIT), a uma cavidade óssea previamente preparada para acomodar os implantes. No componente acetabular em algumas situações a utilização de parafusos pode ser associada.
3-Prótese total Híbrida: Quando um dos componentes é cimentado, seja a haste femoral ou o componente acetabular. 
4-Prótese Total Dupla mobilidade: Componente femoral que pode ser cimentado ou não, que se articula com componente acetabular de dupla mobilidade. Mecanismo esse em que a cabeça fixada a haste femoral se articular com uma cabeça maior, que também possui movimento dentro do componente acetabular fixo, com isso aumentamos o arco de movimento, diminuindo a chance de instabilidade.
5-Recapeamento ou Ressurfacing: Tipo de prótese total de quadril em que recobrimos as superfícies articulares da cabeça femoral como superfície articular do acetábulo, permitem utilizado de cabeças maiores, com maior arco de movimento.
Como cada vez mais a evolução da industria e a necessidade, de correções das deformidades e doenças, os estudos e novos materiais tem nos proporcionado melhores resultados e durabilidade dos implantes. Quando falamos de durabilidade, estamos falando das possibilidades de revisão da prótese. Nessa esfera devemos comentar sobre os pares tribológicos, que é a combinação das superfícies articulares das próteses, combinação de superfícies, que possuem algumas características próprias. Entre esses materiais encontramos Polietileno, Metal e cerâmica, que podemos combina-los conforme a idade e demanda do paciente.
As combinações nos proporcionam maior ou menor durabilidade conforme o atrito entre essas superfícies, situação essa que cada caso possui uma indicação com melhor custo-efetividade para o tratamento.

Leia Mais