Detector De Metais E Protese De Quadril

SERÁ QUE VAI APITAR?

Quem já viajou de avião sabe como é rigoroso impossível passar por um detector de metal, usando um cinto com fivela de metal ou com uma chave no bolso.

Toda vez que se passa pela porta a buzina toca, uma luz vermelha acende e uma voz diz, para que todos da fila olhem para você: “senhor, verifique nos seus bolsos se existe alguma moeda, celular, chave, algum objeto de metal, por favor”.

Todos nós sabemos que moedas, chaves e celulares acionam estes aparelhos. Mas e os materiais da minha prótese?

Segundo um recente artigo de Akimasa Kimura, 23% das próteses de quadril são detectadas em vôos domésticos, enquanto que 56% em internacionais. Quando o paciente apresenta prótese nos dois quadris, estes números chegam a 75% e 86%, respectivamente.

Situações como essa podem ocorrer nos bancos ao tentar acessar a agência pela porta giratória.

Leia Mais